GALLERY está instalada na proximidade do edifício que acolheu edições anteriores do Walk & Talk – antes deste ser vendido e da procura de uma nova localização para sediar o festival. Tal como a localização, o título da obra é também uma referência à própria história do Walk&Talk. O elemento base do pavilhão é um espaço triangular construído por molduras em Criptoméria, uma madeira local: a repetição de 18 elementos idênticos permite a leitura de um novo espaço, um edifício ou mesmo uma nova realidade. O seu ponto mais alto antecipa a divisão principal, visível a partir do exterior mas apenas acessível através de um percurso labiríntico percorrendo cada um dos 18 espaços. Simulando uma linha de visão a partir do cimo de um castelo, o visitante transforma-se no ponto central físico e sensorial da avenida marginal abaixo. O pavilhão introduz um novo eixo diagonal a partir da cidade em direcção ao Atlântico, sugerindo um diálogo entre a torre do Teatro e a antiga galeria do Walk&Talk. Imaginada como um modesto ponto de referência, GALLERY cria novas possibilidades de reinterpretar a escala e a complexidade de grandiosas formas arquitectónicas através de uma estrutura que se disponibiliza como um lugar de encontro mais humano e singelo.


/
O Circuito de Arte Pública é co-comissariado

/
Materiais: Criptoméria, rede preta, tinta de óleo preta, bagacina
Dimensões: 10 x 12 x 6 m