O Programa de Residências Artísticas (PRA) integra as residências em curso a cada edição do Walk&Talk e pretende potenciar tanto a criação inédita e experimental nos Açores, diversificando as áreas de expressão artística presentes no festival, como a promoção de um diálogo cada vez mais transdisciplinar no contexto local. O PRA tem reforçado a posição do Walk&Talk enquanto espaço de criação e tem um lugar central no desenvolvimento estratégico do festival, permitindo a sua integração em circuitos de coprodução e circulação com outros festivais e entidades, numa escala nacional e internacional.

O PRA acontece em vários formatos: por um lado, com o acolhimento de projetos em curso, aos quais o Walk&Talk dá apoio na criação ou se torna coprodutor; por outro lado, com a encomenda de novos projetos em diferentes áreas. Sempre que possível, e quando se justificar, o objetivo será trabalhar com os artistas ao longo de 2 edições, acompanhando os processos de criação e intensificando a sua relação com o território, parceiros, entidades e outros artistas residentes na região.

RESIDÊNCIAS 2019/2021
Os artistas/coletivos são convidados a iniciar um novo projeto e investigação, que terá acompanhamento ao longo de um ano (pela direção artística e curador convidado) e apresentação final na edição seguinte do Walk&Talk. A concretização dos projetos será definida com o desenvolver da investigação e poderá assumir a forma de uma exposição, uma peça no Circuito Ilha, uma publicação/edição ou performance.