A Residência de Design e Artesanato propõe a interseção entre artistas plásticos, designers e artesãos, cruzando técnicas e matérias-primas tradicionais açorianas com novos modelos conceptuais que possibilitam a transição para novos suportes e produtos.

A residência é programada no contexto do Walk&Talk, mas é um projeto cada vez mais autónomo, com curadoria do designer Miguel Flor. Ao longo das várias edições, os diferentes grupos de trabalho são constituídos por artistas de diferentes áreas de expressão artística que procuram nos artesãos convidados novas técnicas e processos de trabalho. A residência tem resultado num conjunto de peças/produtos que são apresentados sob a marca RARA, trazendo valor e inovação ao artesanato local e à marca Açores. 

Alguns destes objetos estão disponíveis para venda e a sua receita permite apoiar a atividade dos artesãos e a continuidade das residências, que contam com o apoio da Embaixada dos EUA e são acolhidas pela Quinta do Priôlo e a Associação Arrisca.


/
Em 2019, a RARA - Residência de Artesanato da Região dos Açores volta a reunir em São Miguel designers convidados pelo curador Miguel Flor para trabalharem na criação de novos objetos com artesãos locais. Filipe Alarcão e Soraia Gomes Teixeira vão colaborar com os artesãos Horácio Raposo e Alcídio Andrade, cruzar saberes ancestrais com visões contemporâneas e explorar matérias-primas e técnicas, como a madeira e o vime.